PRESENÇA DE ANAPLASMA SP. EM CANINO PROVENIENTE DE ORGANIZAÇÃO NÃO GOVERNAMENTAL RELATO DE CASO

Alexsander Ferraz, Bruna dos Santos Pires, Josaine Rappeti, Marta Ziielke, Tainá Ança Evaristo Mendes Cardoso, Tatiana de Ávila Antunes

Resumo


A anaplasmose canina é causada por uma bactéria Gram negativa intra-plaquetária, que pertence a ordem das Rickettsiales, gênero Anaplasma. Trata-se de uma patologia que precisa necessariamente de um vetor, neste caso o carrapato, para que a transmissão e conclusão do ciclo ocorra, vários estudos relatam a presença de A. platys em carrapatos do gênero Riphicephalus sanguíneus e em outras espécies, como Ixodes ovatus e Haemophysalis flava. Estas infecções já foram consideradas espécies-específicas, tendo como principal acometimento em canídeos a Anaplasma platys e Anaplasma phagocytophilum. Também pode ser denominada de Trombocitopenia Cíclica Canina (TCC), parasitando apenas as plaquetas, sendo intracelular obrigatório, não sendo constatado em nenhuma outra célula da medula óssea de linhagem sanguínea
O presente estudo teve como objetivo relatar a presença de Anaplasma sp. em canino proveniente de organização não governamental ONG, localizada na cidade de Capão do Leão, RS.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.