MICROEMPREENDEDORISMO E CRESCIMENTO ECONÔMICO: UMA ANÁLISE NAS CIDADES DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

Cinthia Simoes da Silva, Sebastiao Ailton da Rosa Cerqueira Adao, Juliana Ribeiro da Rosa

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar a influência dos microempreendedores individuais no crescimento econômico, das cidades onde está presente a Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA. Nos últimos tempos muito tem se debatido sobre a ligação entre empreendedorismo e crescimento econômico. A atenção a esta relação tem ocorrido devido às altas taxas que o empreendedorismo tem demonstrado em alguns países, fazendo com que pesquisadores voltem seus estudos para a percepção que a atividade empreendedora impacta positivamente no crescimento econômico das regiões.
O empreendedorismo tem sido visto como agente de crescimento em uma economia, considerando que através do surgimento de novos empreendimentos ocorre a elevação da renda per capita das regiões e países.Desta forma, o objetivo Geral do presente estudo é verificar a relação do microempreendedor individual com crescimento nas cidades em que a Universidade Federal do Pampa se faz presente, na última década. Foram propostos os seguintes objetivos Específicos: a) quantificar os dados de microempreendedores nas cidades em que a UNIPAMPA se faz presente na última década; e b) indicar os dados de crescimento econômico, ao que se refere ao PIB Per Capita, nas cidades em que a UNIPAMPA se faz presente na última década.
Assim, após uma revisão da literatura sobre empreendedorismo e crescimento econômico, realizou-se uma investigação empírica para analisar o crescimento econômico das regiões em que a UNIPAMPA está inserida, no período de 2005 a 2015. Para desenvolver o artigo utilizou-se uma base de dados econômicos dos dez municípios em que a Universidade se faz presente, através de dados secundários fornecidos pelo Portal do Empreendedor e pela Fundação de Economia e Estatística (FEE). Emprega-se a técnica de análise de correlação de Pearson para identificar as associações entre as variáveis, consistindo na estimação do índice de associação entre as variáveis taxa de empreendedorismo e PIB Per Capita de cada um dos municípios. Os resultados das análises apresentam um alto grau de associação entre as variáveis, na maioria dos casos, demonstrando que o empreendedorismo, caracterizado pelo número de Microempreendedores Individuais, afetou positivamente o crescimento econômico das regiões em que a UNIPAMPA está instalada.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.