O PROCESSO DE IMPLANTAÇÃO DO PAMPATEC, PARQUE TECNOLÓGICO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA - UNIPAMPA

Émerson Oliveira Rizzatti, Alessandra Troian, Andressa Hennig Silva

Resumo


Há uma tendência mundial em relação à implantação de Parques Tecnológicos em países emergentes, em função do desenvolvimento tecnológico, econômico e social que essas iniciativas podem promover (ANPROTEC, 2008), estes, geralmente são fomentados onde já existem universidades, ou ainda, conglomerados indústrias, visto que essas estruturas podem conceder suporte e infraestrutura para essa implantação.
Destarte, reconhecendo a relevância dos parques tecnológicos, o presente estudo objetiva apresentar o processo de implantação do PAMPATEC, localizado em Alegrete/RS, no campus da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), destacando as atividades realizadas pelo mesmo, bem como evidenciar o seu papel no desenvolvimento da região da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul.
Neste sentido, destaca-se que foi analisado, e será descrito a seguir, o caso do Parque Tecnológico PAMPATEC, criado em 2010, na sede da Universidade Federal do pampa, campus Alegrete, a partir de um relato de experiência do primeiro autor.
Dentro das ações planejadas, a UNIPAMPA ficou responsável por criar o Parque Tecnológico, com um programa de incubação de empresas de base tecnológica, considerando sua disponibilidade do terreno e aptidão dos cursos de graduação e pós-graduação já instalados no Campus Alegrete.
O PAMPATEC possui uma série de objetivos e metas, dentre os quais se destaca o de estimular a geração e a transferência de conhecimento e tecnologias da UNIPAMPA para as entidades e empresas integrantes do projeto, promovendo o desenvolvimento e produção de bens, processos e serviços inovadores e o de incentivar o surgimento de empreendimentos de base tecnológica, através de negócios cuja competitividade seja fundada na inovação tecnológica. Podemos ressaltar ainda o objetivo estratégico de qualificar a formação profissional dos egressos das instituições de ensino superior da região por meio da participação desses nos projetos abrigados no PAMPATEC.
O projeto de implantação física do PAMPATEC foi submetido ao Edital 01/2011 do PGTec da Secretaria de Ciência e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul, no qual foi aprovado e recebeu R$ 938 mil para a construção de três prédios, num total de 647 m². Em novembro de 2013 a UNIPAMPA licitou a obra, apor-tando aproximadamente R$ 600 mil para construção de acessos aos prédios e em maio de 2015 a obra ficou pronta para o uso, disponibilizando espaço físico para abrigar 10 empresas Incubadas, contando com um ambiente de trabalho colaborativo e pré incubação, sala de reuniões e sala do administrativo. Atualmente participam do programa de incubação cinco empresas de base tecnológica nas áreas de Engenharia Elétrica e Engenharia de Software.
Entende-se que o processo de criação e implantação do PAMPATEC como sendo uma ação de desenvolvimento que por si só é positiva para o contexto regional. Juntar distintas organizações e atores sociais para conjuntamente planejar um espaço que estimule a criação e a transferência de conhecimentos e tecnologias na metade sul do Rio Grande do Sul é sem duvida uma inovação.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.