SOBRECARGA DE TRABALHO EM ENFERMEIROS HOSPITALARES: PRODUÇÃO CIENTIFICA DE TESES E DISSERTAÇÕES DA ENFERMAGEM

Liliane Ribeiro Trindade, Rosângela Marion da Silva

Resumo


Este estudo tem como tema a sobrecarga de trabalho de enfermeiros no cuidado à saúde e teve por objetivo identificar a tendência da produção científica da Enfermagem brasileira, em teses e dissertações, sobre a sobrecarga de trabalho de enfermeiros no cuidado à saúde. Trata-se de um estudo qualitativo, de natureza descritiva, estruturado por meio de uma revisão narrativa de literatura. Os resultados foram obtidos por busca online, que ocorreu em Junho de 2016, nos Catálogos do Centro de Estudo e Pesquisa em Enfermagem (CEPEn). Foram selecionadas, conforme critérios de inclusão e exclusão, 38 produções. Após a análise, as produções foram separadas em três categorias temáticas: Dificuldades encontradas no trabalho, Prejuízos p/ a saúde dos pacientes provenientes da sobrecarga de trabalho dos profissionais e Estratégias para a diminuição da sobrecarga de trabalho. Os resultados demonstram a relevância da sobrecarga de trabalho no ambiente de trabalho, na saúde desses profissionais e no seu atendimento. Esse estudo permitiu verificar que as condições de trabalho influenciam no processo de trabalho e contribuem sobremaneira para determinar o processo de saúde-doença dos trabalhadores de enfermagem. E permitiu identificar que a Enfermagem brasileira enfrenta muitas dificuldades no seu exercício diário e que é necessário um modo de mensurar a sobrecarga de trabalho no intuito de preservar a saúde dos trabalhadores de enfermagem, subsidiar a valorização da classe e oferecer um melhor atendimento aos pacientes. Verificou-se também correlações entre os estudos e foi confirmada que a sobrecarga de trabalho prejudica a capacidade de trabalho dos profissionais de enfermagem e sua qualidade de vida.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.