ABORDAGEM MULTIPROFISSIONAL NO TRATAMENTO DO TABAGISMO NO MUNICÍPIO DE URUGUAIANA/ RS

Maicon Brustolin, Vanessa Bley Ribeiro, Moroni de Oliveira

Resumo


O percentual total de fumantes com 18 anos ou mais no Brasil é de 10,4%, sendo 12,8% entre homens e 8,3% entre mulheres. Ações direcionadas aos fumantes no sentido de conscientizá-los sobre os riscos e malefícios ocasionados pelo uso do tabaco ao longo da vida podem refletir em uma melhoria da qualidade de vida para estes usuários. Nesse contexto, o objetivo desse trabalho é relatar a experiência da equipe multiprofissional na abordagem ao grupo de cessação do tabagismo, destacando a contribuição dos diferentes profissionais integrantes da equipe, bem como as estratégias utilizadas no tratamento desses usuários. Para isso, os atendimentos que visam a cessação do tabagismo ocorrem no Ambulatório de Saúde Mental de Uruguaiana e contam com uma equipe multiprofissional composta por psicólogo, nutricionista, farmacêutico, educador físico e enfermeiro. Guiando-se através da Portaria nº 761/ 2016 e do Programa Nacional do Controle do Tabagismo, são realizados atendimentos em grupo e individuais. A presença dos diferentes profissionais da saúde contribui para que assuntos específicos sejam discutidos, tornando o processo mais dinâmico. A equipe multiprofissional utiliza duas abordagens para as quais existem evidências científicas suficientes para comprovar sua eficácia na cessação de fumar: a abordagem cognitivo-comportamental e a terapia medicamentosa. A primeira metodologia promove, por meio de conversação em grupo, a troca de experiências entre os participantes, fazendo com que os fumantes, de alguma forma, sejam afetados com as experiências e pontos de vistas dos outros integrantes. A utilização de medicamentos é encorajada quando a terapia cognitivo-comportamental não apresenta resultados satisfatórios, sendo que a combinação das duas abordagens é a alternativa mais eficaz para a diminuição da intensidade do uso. De uma forma geral, responsabiliza-se os pacientes para que eles sejam protagonistas da sua própria história, dessa forma, cada usuário irá desenvolver sua estratégia específica. O papel da equipe multiprofissional consiste em atuar dando suporte e encorajando a cessação do tabagismo através da promoção da educação em saúde, sempre preservando a autonomia do usuário. Pode-se concluir que a abordagem integrativa multiprofissional demonstrou-se uma alternativa satisfatória para a assistência ao grupo de cessação ao tabagismo. As ações propostas com o intuito de encorajar a cessação do tabagismo tem gerado resultados positivos para os usuários.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.