EPIDEMIAS MUNDIAIS: UM HISTÓRICO SOBRE AS PRINCIPAIS DOENÇAS COM POTENCIAL EMERGENTE

Ana Helena Brittes, Márcio Marques Martins

Resumo


As primeiras epidemias registradas na história datam do período aristotélico, cerca de 400 anos antes de Cristo. A evolução de tecnologias capazes de diminuir a incidência de doenças causadas por microrganismos é evidente, porém, muitas pessoas ainda padecem desses males por todo o mundo. A evolução e transmissão dessas doenças ocorrem pelos mais diversos fatores como a falta de saneamento básico, desmatamento de áreas, mutações de agentes patogênicos entre outros. Por esse o motivo existe cada vez mais a necessidade de campanhas de conscientização sendo os alunos os principais disseminadores da importância do assunto. O trabalho tem como objetivo criar uma sequência de atividades a partir do estudo histórico das principais doenças com potencial epidêmico ao longo dos anos e posteriormente a conscientização da comunidade sobre a importância da prevenção contra essas doenças. A aplicação do trabalho é possível com turmas entre 8º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio. Os alunos iniciarão as atividades realizando uma análise histórica das principais doenças a nível mundial, nacional e regional. Após serão criados materiais informativos para distribuição na comunidade contendo as principais doenças de caráter epidemiológico, meios de prevenção e tratamento dessas doenças. Espera-se com essa atividade uma sensibilização da comunidade frente a temática. O trabalho ainda contempla conteúdos específicos observados nos PCNs do ensino básico a respeito de saúde pública. Concluímos que essa proposta permite aos alunos conhecer as formas de transmissão dos microrganismos capazes de provocar doenças é um ato em prol da cidadania, pois nos permite prevenir sua disseminação e promover nossa saúde e a saúde das pessoas ao nosso redor. Acredita-se que tal proposta de trabalho vem de encontro aos anseios da comunidade escolar no sentido de aproximar o ensino de ciências do cotidiano dos estudantes.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.