SUPOSTA INTERAÇÃO ANTAGÔNICA ENTRE QUIZALOFOP E 2,4-D EM ARROZ PRÉ-GERMINADO

Renan Souza Silva, Luis Antonio de Avila, Edinalvo Rabaioli Camargo, José Alberto Noldin

Resumo


O sistema de arroz Clearfield®, é um sistema em uso no Rio Grande do Sul por mais de 10 anos, em que são recomendados dois herbicidas, o Only®, composto pela mistura formulada dos herbicidas imazethapyr + imazapic, nas concentrações de 75 e 25 g i.a. L-1, respectivamente e o herbicida Kifix®, que é composto pela mistura formulada dos herbicidas imazapyr + imazapic, nas concentrações de 525 e 175 g i.a. kg-1, respectivamente (SOSBAI, 2014). Nos últimos anos tem se verificado o aumento do número de casos de plantas daninhas resistentes a esses herbicidas, em especial do arroz-daninho, a principal planta daninha do arroz irrigado. Para controlar essas planta daninhas está sendo desenvolvida tecnologia com uso de inibodores de ACCAse. O objetivo desse trabalho foi verificar o efeito da aplicação em associação do 2,4-D com o quizalofop no controle de plantas de Oryza sativa. Foram semeadas 4 sementes de arroz pré-germinado, por copos de 500 mL, da linhagem RH 269-15, tolerante ao quizalofop (Targa®) e da cultivar SCS 116 Satoru, e aplicados os herbicidas em V2-V3, em tratamentos com quatro repetições, nas doses estipuladas pelos autores do trabalho com base em estudos anteriores. Aos 7 dias após a aplicação do quizalofop e 2,4-D, notou-se uma seletividade bastante expressiva da linhagem RH-269-15 (Figura 1), diferentemente, ocorreu com a cultivar SCS 116 Satoru, que na dose máxima, teve suas plantas quase totalmente controladas devido ao efeito nocivo do inibidor da ACCase em gramíneas. Com relação à aplicação em mistura, os efeitos antagônicos do mimetizador da auxina com o graminicida foram visualizados já na avaliação de fitotoxicidade após a primeira semana de aplicação dos herbicidas, conforme mostra a Figura 2. O efeito pode ser devido ao mecanismo de ação do quizalofop e 2,4-D, já que o primeiro atua na redução da taxa fotossintética, que é alterada pelo comportamento do herbicida hormonal.Observou-se possível antagonismo entre as associações de quizalofop + 2,4-D. Demais estudos devem ser realizados com o uso de mais doses para a montagem de curvas de dose-resposta e utilização de isobologramas para posterior trabalho.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.