EMISSÃO DE ÓXIDO NITROSO E METANO EM SOLO DE CAMPO NATURAL CONVERTIDO EM SILVICULTURA

Darlize Déglan Borges Beulck Bender, Mirla Andrade Weber, Frederico Costa Beber Vieira, Cristiano Carvalho da Silva, Alisson de Mello Deloss, Rosângela Gonçalves Nunes

Resumo


A emissão de óxido nitroso (N2O) e do metano (CH4) são relativamente baixas em solos sob pastagem natural, mas pouco se sabe a respeito das emissões desses gases em solos do Pampa com o plantio de eucalipto. O objetivo deste estudo foi avaliar as taxas de fluxo de N2O e CH4 do solo posteriormente à conversão de campo natural em floresta de eucalipto, bem como investigar se fatores do solo e clima estão envolvidos com tais fluxos. Desde 2013 o estudo é desenvolvido em uma fazenda de eucaliptos localizada no município de São Gabriel - RS, onde foram utilizados quatro tratamentos: T1: eucaliptos com seis anos de idade no início do período da avaliação - Eucalyptus saligna (E6); T2: eucaliptos com um ano de idade no início do período da avalição Eucalyptus spp. (E1); T3: campo com pastejo de gado (CCP); e, T4: campo natural sem pastejo (CSP). A umidade gravimétrica e o teor de nitrogênio mineral foram monitorados. As maiores taxas de emissão de N2O foram do E1 nos primeiros meses, com picos de 285 µg N2O m-2 h-1, o que se relacionou com os altos teores de nitrato e amônio devido às adubações nitrogenadas realizadas na implantação do experimento. O solo com E6 diminuiu a emissão de N2O para níveis semelhantes ao do campo natural e, no CCP as emissões permaneceram baixas desde a implantação do experimento, não ocorrendo diferença no fluxo de N2O do solo em relação à presença de pastejo no campo. Com exceção do CCP no período inicial de avaliação, os solos de todos os tratamentos se comportaram como dreno de CH4. Alguns picos isolados de emissão deste gás tiveram relação direta com a PPA quando esta foi superior a 60%. Conclui-se que a inserção de plantios de eucalipto não proporcionou aumento na emissão de N2O e CH4, com exceção do N2O no primeiro ano após o plantio.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.