ENSINO DE INGLÊS ATRAVÉS DOS MULTILETRAMENTOS: A BUSCA DO ENGAJAMENTO DO ALUNO NO ENSINO FUNDAMENTAL

Gisele Lángaro Soares, Clara Dornelles

Resumo


Esta pesquisa-ação, que se encontra em sua fase de análise de dados, tem como objetivo principal elaborar, implementar e avaliar uma Unidade Didática fundamentada na Teoria dos Multiletramentos com o intuito de conseguir maior engajamento discursivo do educando na aprendizagem da língua inglesa. O objetivo específico desta pesquisa-ação é analisar o modo como os alunos e alunas realizam as tarefas, estabelecendo critérios para avaliação de seu engajamento nas mesmas. Segundo a supracitada teoria, ao relacionar o estudo da língua ao universo cultural do educando, utilizando-se de gêneros discursivos em diferentes modalidades e incluindo o uso das novas tecnologias, a professora poderá propiciar ao estudante o uso da língua em práticas sociais e a aprendizagem será mais significativa para o discente e também para a professora. O referencial teórico dialoga, entre outras, com pesquisas relacionadas aos Multiletramentos (ROJO; MOURA, 2012; COPE; KALANTZIS, 2000) e às Línguas Adicionais (SCHLLATER; GARCEZ, 2012). Este trabalho foi desenvolvido em uma turma de oitavo ano de uma escola estadual de Ensino Fundamental em São Gabriel-RS, no primeiro semestre do ano de 2016, e faz parte de um projeto de dissertação do Mestrado Profissional em Ensino de Línguas da Unipampa. A pesquisa-ação tem um viés qualitativo, interpretativo e utiliza instrumentos de cunho etnográfico. Inicialmente, um questionário foi aplicado aos educandos com o objetivo de fazer um levantamento de seu nível de conhecimento em inglês, seu interesse pela língua e assuntos da atualidade, bem como sua relação com as novas tecnologias. Com base nestes dados, foi elaborada uma unidade didática fundamentada em assuntos do cotidiano adolescente buscando assim o seu engajamento na aprendizagem da língua adicional. Um grupo do Facebook foi criado para que as produções dos discentes fossem compartilhadas e comentadas por eles, culminando com a produção de um cartaz virtual com legendas em inglês. As aulas foram filmadas para uma análise aprofundada dos dados. Como resultados parciais desta pesquisa-ação, avaliamos que os alunos e alunas demonstraram engajamento discursivo durante a realização das tarefas e corresponderam às propostas de trabalho de maneira colaborativa. Esta pesquisa constatou que, ao pautar seu trabalho na Teoria dos Multiletramentos, a professora passa a integrar sua prática de ensino ao conhecimento que produz sobre os educandos e, a partir disso, promove modos colaborativos para todos aprenderem, inclusive a própria docente, criando sentidos para a aprendizagem da língua inglesa.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.