DESENVOLVIMENTO E VALIDAÇÃO DE MÉTODO POR HPLC PARA DETERMINAÇÃO SIMULTÂNEA DE TADALAFILA E SILDENAFILA

Mayara Aramburú Pinto, Marcelo Donadel Malesuik

Resumo


As falsificações de medicamentos são um problema criminal bastante incidente e envolvem alto risco para a saúde pública em todo o mundo. Pelo fato de gerar lucro de forma rápida, o comércio de medicamentos falsificados é um atrativo para as redes criminosas. Diversos relatos da literatura evidenciam que as falsificações de produtos para o tratamento da disfunção erétil estão entre os responsáveis pelos principais índices de falsificação no Brasil. Dentre eles, destaca-se a adulteração da tadalafila (TAD) pela substituição e/ou adição de sildenafila (SLD). Esses produtos ilegais geram grave risco à saúde de seus consumidores, pois além ser desconhecida sua exata constituição e composição, não são produzidos sob as exigências propostas pelas Boas Práticas de Fabricação, as quais asseguram segurança, eficácia e qualidade a todos os medicamentos comercializados. Neste contexto, são necessárias metodologias analíticas que possam avaliar esses produtos, no que se referem à determinação simultânea de ambas as substâncias, sua estabilidade e formação de produtos de degradação. Portanto, o objetivo deste estudo foi desenvolver método indicativo da estabilidade por cromatografia líquida de alta eficiência (HPLC) para a determinação simultânea de TAD e SLD em formas farmacêuticas sólidas. A solubilidade dos fármacos foi testada com os principais solventes cromatográficos, como tampões, metanol e acetonitrila. Os fármacos demonstraram-se solúveis em metanol, onde foram dissolvidos e preparados simultaneamente na concentração final de 40 µg/mL. Foram avaliadas diversas condições cromatográficas com variados modelos de colunas e tipos de solventes orgânicos em diferentes pH para a composição da fase móvel do método. O melhor desempenho cromatográfico foi promovido através das seguintes condições: coluna analítica HypersilTM BDS C18 (250 x 4,6 mm, 5 µm); fase móvel A (acetonitrila 80% v/v) e B (mistura de 40% de metanol e 30% de ácido fosfórico pH 7,5) na proporção isocrática 70:30 (v/v), respectivamente; fluxo 1,0 mL/min; volume de injeção 20 µL; temperatura ambiente e comprimentos de onda para a detecção de 284 nm (TAD) e 293 nm (SLD). Os resultados cromatográficos estão de acordo com os parâmetros de adequabilidade do sistema exigidos pelos órgãos internacionais, tais como, picos simétricos com fatores caudais adequados (≤ 2); número de pratos teóricos superiores a 2000 para ambos os picos de TAD e SLD e resolução superior a 2 entre os mesmos. Posteriormente foi efetuada a validação do método desenvolvido, onde o mesmo apresentou-se linear, específico, sensível, exato, preciso e robusto. Além desses parâmetros também foi avaliada a capacidade do método em determinar os fármacos em presença dos produtos de degradação gerados em condições forçadas de armazenamento (ácida, básica, oxidativa e fotolítica). Em função dos resultados obtidos a metodologia proposta apresentou-se indicativa da estabilidade e pode ser empregada para o controle de qualidade de rotina dos produtos lícitos e ilícitos comercializados a base dos fármacos, contribuindo com os estudos na área.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.