COMPARAÇÃO DE ÁREA INFESTADA POR ESPÉCIE EXÓTICA E CAMPO NATIVO NO BIOMA PAMPA

Lilian Pedroso Maggio, Angelo Alberto Schneider

Resumo


No Brasil, existem várias experiências de conservação e restauração de ecossistemas, sendo algumas bastante significativas. No entanto, a grande maioria desses trabalhos se restringe a recuperação de áreas florestais e pouco ou quase nada se conhece em relação à recuperação de áreas de campos naturais. Este estudo visou estudar práticas de restauração e incremento da biodiversidade vegetal de áreas campestres degradadas do Bioma Pampa com vista à melhoria dos serviços ecossistêmicos, assim como, desenvolver tecnologias de recuperação de campos naturais no Bioma Pampa através da utilização de semeadura de sementes de espécies nativas. O estudo foi desenvolvido no município de São Gabriel RS em uma área pertencente a Fundação Estadual de Pesquisa Agropecuária - Centro de Pesquisa Anacreonte Ávila de Araújo, no ano de 2016. Foi realizado um levantamento fitossociológico em duas áreas distintas de aproximadamente três ha, uma infestada pela espécie de gramínea africana Eragrostis plana Nees, e outra, de campo nativo com vegetação natural. Para estimar a cobertura vegetal utilizou-se o método de superfície com modificação de escala de Braun-Blanquet, sendo que, foram utilizadas 48 unidades amostrais de 1m2 em cada área. Também foi estimado o Índice de Diversidade de Shannon-Wiener. Para a área infestada foram registradas 72 espécies, sendo que, as espécies com maior índice de valor de importância (I.V.I) foram respectivamente Eragrostis plana Nees, Cynodon dactylon Pers, Solidago chilensis Meyen, Paspalum urvillei Steud, Vernonathura nudiflora Lees. Na área de campo nativo foram registradas 96 espécies, sendo que as espécies com maior índice de valor de importância (I.V.I) foram respectivamente Paspalum notatum Flüggé, Eryngium horridum Malme, Axonopus affinis Chase, Vernonathura nudiflora Lees e Desmodium incanum DC. O Índice de Diversidade de Shannon-Wiener para a área infestada (0,49 nats) foi muito inferior ao campo nativo (3,15 nats), demostrando uma maior biodiversidade vegetal para estes locais. (CNPq).

Apontamentos

  • Não há apontamentos.